Escolha uma Página

A Culpa é do Mercado

por | 2 / julho / 2018

 
Você já se pegou dizendo ou pensando: “caraca, como o mercado pode fazer isso comigo?” ou “tudo indicava que era um dia de alta e o danado do mercado cai?” e aquela célebre frase “o mercado foi lá, SÓ pra pegar o meu stop e depois foi pra direção que tava o meu gain”.

 

Essas afirmações podem parecer inofensivas, mas você pode estar fornecendo estímulos perigosos para a sua mente, estímulos que podem mudar completamente os sentimentos que sua mente gera em relação ao mercado.
Você pode estar inconscientemente tirando a responsabilidade daquele resultado de você e transferindo para o mercado.

 

Embora a maioria das pessoas que operam se consideram adultos e responsáveis, são poucos os traders que alcançam o ponto em que aceitam a total responsabilidade pelos resultados dos seus trades. Todos os outros, numa medida ou noutra, acham que estão assumindo a responsabilidade quando, na realidade, querem que o mercado faça isso por eles.

 

E eu preciso logo te dizer: o mercado não tá nem aí pro que você quer. Ele não se importa se você está comprado, vendido, se já tomou stop, se bateu a meta… se quer tirar dele 1 ou 10 mil num dia. Isso é problema único e exclusivamente SEU!

 

Você não pode querer que o mercado satisfaça as suas expectativas, as suas esperanças, que o mercado realize os seus sonhos. O mercado não tem que te dar absolutamente nada. Os resultados que você obtêm se baseiam nas interpretações que você faz das informações, nas decisões que você toma e na forma como você age e reage.

 

Continuar Lendo

Como já diz Mark Douglas no livro “Trading in the Zone”, na essência, a única forma de um trader ganhar dinheiro é se algum outro perder. Então, se o mercado é constituído por um grupo de pessoas que interagem para extraírem dinheiro uma das outras, qual é a responsabilidade do mercado em relação a um trader em específico? Nenhuma.
Qualquer culpa que você dirija ao mercado significa que você não aceitou a realidade de que o mercado não lhe deve nada, independentemente daquilo que você quer ou pensa ou de quanto empenho você coloca nas suas operações.

 

À medida que você atribui alguma culpa, por menor que seja, ao mercado pelos seus resultados, sejam positivos ou negativos, você associa sentimentos a ele, principalmente os sentimentos de dor e angústia, e isso é prejudicial e tende a te deixar de fora do jogo. Se você vê no mercado a possibilidade de sofrimento, você naturalmente tentará evitá-lo bloqueando de forma consciente ou inconsciente essa informação. E possivelmente, assim você vai deixar de aproveitar quaisquer oportunidades, ou seja, não vai entrar no trade porque o mercado vai te fazer sofrer. E aí, você acaba ficando de fora daquelas operações maravilhosas que você havia visualizado.

 

Além disso, quando você atribui ao mercado a responsabilidade por te fazer perder dinheiro, o mercado facilmente assume a condição de adversário. O seu subsconsciente passa achar que o mercado está contra você. E se alguém ou alguma coisa está contra você e lhe causa dor, qual é a sua reação? Geralmente, você vai querer lutar. Mas você está querendo lutar contra quem? Contra o mercado? O mercado não tá nem aí para você. E na verdade, você está lutando contra você mesmo, contra as consequências negativas de não aceitar totalmente que o mercado não lhe deve nada e que é de responsabilidade SUA aproveitar as oportunidades que ele lhe apresenta.

 

A maior parte das pessoas acha natural atribuir ao mercado o poder de uma força externa que dá ou tira dinheiro. Só que o mercado sempre apresenta a informação de forma neutra. É a nossa interpretação em cima daquilo que vemos que nos diz para comprar ou vender e por isso agimos de uma forma ou de outra e obtemos um resultado final, que pode ser lucro, prejuízo ou sair no zero a zero.
Pro mercado, cada momento é neutro. Para você, cada alteração de preço tem algum significado que não necessariamente é o mesmo que para outro trader.

 

Então, tome cuidado com essas expressões como “parece que ele foi lá só pra me estopar”, “o mercado não me deixou sair por um tick”. Não faça isso. Por mais que você julgue ser inofensivo esse tipo de pensamento ou comentário, ele pode estar transferindo a responsabilidade das suas ações e resultados para o mercado, o que é extremamente prejudicial para o seu desempenho.

 

Assumir responsabilidade significa reconhecer e aceitar, na parte mais profunda do seu ser, que você – não o mercado – é completamente responsável pelo seu sucesso ou fracasso como trader. Você precisa assumir uma responsabilidade completa e absoluta.

 

A melhor forma de encarar o mercado é como o tabuleiro de um jogo de estratégia, em que o resultado, se você ganha ou perde, se fica estagnado, avança ou recua, depende única e exclusivamente do seu desempenho.
Então, seja responsável pelos seus sucessos e pelos seus fracassos no mercado.

 

Assuma o controle!


Se você gostou do nosso conteúdo, curte a nossa página no Facebook. Acompanhe a gente no YouTube e no Instagram pra ficar por dentro dos conteúdos que irão te ajudar a trabalhar os aspectos psicológicos do trade, a ter mais controle emocional e a ser um Trader de Sucesso.


MAIS ARTIGOS

Por que você precisa de controle emocional no trade?

...
Ler Mais

O mercado é um lugar muito caro para se autoconhecer

...
Ler Mais

Pare com esses 3 hábitos negativos

...
Ler Mais

Como ter mais autoconfiança pra operar no mercado financeiro

...
Ler Mais

Livro: “O milagre da manhã” de Hal Elrod (parte 2)

...
Ler Mais

Livro: “O milagre da manhã” de Hal Elrod (parte 1)

...
Ler Mais
Compartilhe e ajude outros Traders