Escolha uma Página

Como ter mais autoconfiança pra operar no mercado financeiro

por | 25 / junho / 2019

E se a autoconfiança é tão importante assim como a gente pode fazer pra aumentá-la?

Em primeiro lugar, você precisa entender que a falta de autoconfiança está muito relacionada com o medo de errar, de fracassar.
Muitas pessoas não começam um novo projeto que traria mais felicidade pras suas vidas, não largam o seu emprego pra se dedicar 100% ao mercado financeiro apesar de terem resultados positivos, por medo de não dar certo.
E esse medo de não dar certo, em geral, está relacionado com o que os outros vão pensar de você.

“Poxa, dirão que eu fui um burro de largar um emprego estável pra viver do mercado financeiro. Vão dizer que eu estou louco de começar a estudar sobre daytrade. As pessoas que eu gosto não irão me apoiar, e pior, ainda irão me criticar.”

Muitas pessoas se sentem inseguras de falar em público, de se manifestar nas redes sociais com as suas dúvidas, suas opiniões sobre o mercado justamente por receio do que os outros vão pensar.
Quanto mais desapegado você estiver do que os outros vão pensar de você, mais a sua autoconfiança cresce.
Quanto mais preocupado com o que vão dizer de você, menor é a sua autoconfiança.

Quando você ouvir críticas, comentários negativos, quando alguém chegar pra você e falar “você tá fazendo tudo errado, desse jeito você nunca vai conseguir, análise técnica não funciona no dólar, e blá blá blá”… sabe o que você faz??? Peneira a crítica, analisa o que a pessoa está te dizendo e aproveita aquilo que tem valor.
Saiba que ninguém cresce só de elogios e de tapinhas nas costas.
A gente cresce muito mais a partir das críticas, se a gente souber aproveitá-las.
Então, tente ver o que há de aprendizado em tudo o que te falarem, não tenha receio de receber as críticas e os comentários negativos.
Ter essa postura ajuda muito a elevar a sua autoconfiança.

Continuar Lendo

No mercado financeiro ainda tem outro agravante: a sua falta de autoconfiança pode estar relacionada com o medo de perder dinheiro e isso gera o famoso dedo travado, que é quando você vê uma bela oportunidade, que se encaixa no seu operacional mas não clica pelo medo de perder, de ser stopado. Eu inclusive já falei disso em outro artigo e vou deixar o link aqui pra depois que acabar esse artigo você ir lá e conferir.

Muitas vezes, quando você consegue ressignificar essa questão do medo de errar, de fracassar, quando você passa a ver os erros e os stops como oportunidades de melhoria e crescimento a sua autoconfiança cresce. Pense sempre que não existe fracasso, existe sim aprendizado.

Outro fator que gera falta de autoconfiança é quando você não confia de verdade na técnica que você está utilizando. Você precisa realmente confiar na técnica para que você consiga executá-la. E aí eu te convido a se questionar: você realmente acredita?

Isso é fundamental.

Pra isso, vá atrás de outros traders que utilizam essa técnica e que tem bons resultados, que já estão onde você deseja estar. Além disso, pra ter essa confiança na técnica você pode fazer uso do simulador, claro, desde que opere da mesma forma que operaria na conta real. Através disso você poderá evidenciar pra sua mente que aquela técnica, quando aplicada da forma como deve, tem sim o potencial de gerar bons resultados.

Mas, autoconfiança não é só uma questão da capacidade de executar uma determinada técnica. Tem a ver também com o sentimento que você tem em relação a você mesmo, o quanto você confia na sua capacidade de fazer qualquer coisa que queira. Nesse contexto, trabalhar a sua autoconfiança em outras áreas pode refletir positivamente na sua confiança de sua capacidade de operar e obter bons resultados no mercado.

E pra isso eu te deu duas dicas práticas:

  • a primeira delas é: faça uso de afirmações positivas no início do dia.
    Estabeleça uma frase de autoconfiança e repita-a em voz alta todos os dias pela manhã, de forma super positiva de preferência na frente do espelho.
    Já está cientificamente comprovado o poder das afirmações positivas. Pode ser algo do tipo:

    “Eu sou um trader disciplinado, que sabe exatamente o que quer no mercado e que é capaz de conseguir. Possuo a capacidade de ação necessária para entrar na operação quando visualizo uma bela oportunidade. Permaneço calmo e concentrado para reagir às mudanças do mercado. Encerro a posição no gain ou no loss com a mesma tranquilidade e estou pronto para enfrentar qualquer adversidade e vencer mais um dia”.

    Você verá que, à medida que o tempo passa, isso irá refletir positivamente na forma como você se enxerga.

  • e a segunda é: desafie-se.
    Faça algo diferente que enfrente algum dos seus medos ou então que você sempre quis fazer e por algum motivo não conseguiu.
    Tente algum esporte radical, saltar de paraquedas, frequentar a academia todo dia, começar um novo projeto, enfim… Isso evidencia pra sua mente a sua capacidade de superação e sua autoconfiança cresce e isso reflete de forma positiva no mercado.

Essas são dicas práticas que eu recomendo você experimentar no seu dia-a-dia para que você eleve a sua autoconfiança e com isso os seus resultados nas suas operações.

Experimente!


Se você gostou do nosso conteúdo, curte a nossa página no Facebook. Acompanhe a gente no YouTube e no Instagram pra ficar por dentro dos conteúdos que irão te ajudar a trabalhar os aspectos psicológicos do trade, a ter mais controle emocional e a ser um Trader de Sucesso.


MAIS ARTIGOS

Por que você precisa de controle emocional no trade?

...
Ler Mais

O mercado é um lugar muito caro para se autoconhecer

...
Ler Mais

Você precisa melhorar seus resultados?

...
Ler Mais

Pare com esses 3 hábitos negativos

...
Ler Mais

Como mudar uma crença limitante no mercado financeiro

...
Ler Mais

Livro: “O milagre da manhã” de Hal Elrod (parte 2)

...
Ler Mais
Compartilhe e ajude outros Traders