Escolha uma Página

Você é Milionário no Simulador e só Perde na Conta Real?

por | 18 / junho / 2018

Outro dia, eu publiquei aqui um artigo falando que eu sou favorável ao uso do simulador e expliquei as situações em que eu acredito que você deve fazer uso dele. Se você ainda não leu, clique aqui.

 

Nesse artigo, eu falei sobre dois aspectos muito importantes em relação ao simulador:

Primeiro – que ele não é um joguinho que serve para você se divertir ou passar o tempo. O simulador é uma ferramenta de trabalho e, como tal, precisa ser levado a sério e ser usado com muita sabedoria.

Segundo – que, a menos que você esteja testando uma estratégia nova, você deve operar no simulador da mesma forma como pretende fazer na conta real. Porque o que acontece muito é você operar de uma forma no simulador, e com isso ter resultados extraordinários, e quando chega na conta real não opera do mesmo jeito. Aí, como diz o ditado popular, você está a comparar alhos por bugalhos. Você pega duas coisas que trabalham de forma diferente e quer que elas dêem o mesmo resultado.

 

Então, a primeira questão para entender a diferença dos seus resultados no simulador e na conta real é: você realmente opera da mesma forma no simulador e na conta real? Usa as mesmas estratégias? Segue as mesmas regras de gerenciamento de risco? Tamanho de mão? Tamanho de stop?
Porque se não é assim, você está comparando um Uno com uma Ferrari e querendo que eles cheguem juntos ao final da corrida.

 

Outra questão que você precisa entender é que, muitas vezes, usar o simulador é como fazer uma avaliação de produtividade de uma árvore.
Ahn?!?! O que que é isso, Luana?
Eu explico.

Continuar Lendo

É como se você testasse o máximo potencial produtivo de uma laranjeira. Ou seja, num ambiente ideal, com temperatura controlada, com a quantidade certa de adubo e de água, essa espécie de laranjeira com essa idade pode produzir até tantos quilos de laranjas por ano. Só que esse é o cenário ideal. O que acontece de fato no quintal da sua casa é diferente. Você não controla todos os fatores e a produção efetiva, em geral, é menor que a potencial.

Pra muitas pessoas, o simulador reflete isso. Ele reflete o quanto aquela técnica, aquela estratégia tem potencial de dar resultado naquele ativo, operando daquela forma. Porque na conta real mesmo terão outros fatores influenciando e possivelmente os resultados serão menores.

 

E os principais fatores que agem de forma diferente no simulador e na conta real estão relacionados aos aspectos psicológicos, o que eu costumo chamar de aspectos mentais, emocionais e comportamentais do trader.
Ah Luana, agora você chegou no ponto certo. Eu não sinto ansiedade no simulador, não tenho medo, opero sem stop, faço preço médio… é uma maravilha.
Pois é aí que mora o perigo!

 

Quando você ganha no simulador, mil, dois mil, 10 mil reais num dia, em geral isso impacta, gera uma sensação de conforto, bem-estar e alegria, e até mesmo aquele pensamento “ah.. eu sou capaz”, “caraca… sou muito foda” ou “eu posso ficar rico com isso”.
Só que o contrário não é reciproco.
Se você tiver uma perda de mil reais, dois mil, 10 mil no simulador, isso não vai te impactar.
Porque o seu cérebro está o tempo todo trabalhando para que você fique numa zona confortável, para que você não sofra. Então, sua mente vai te dizer: “Pera aí? dois mil reais??? No simulador??? Nãããão, não precisa se preocupar com isso. Tá tudo bem. É só no simulador. Essa perda não é real”.

 

E aí, o que acontece?
Dessa forma, você não trabalha o seu psicológico. Você não prepara o seu emocional.
O problema é que se você não encarar o simulador com o mindset adequado, ele não treina as suas habilidades emocionais, principalmente para lidar com as perdas.
E é por isso que muitas pessoas operam bem no simulador e quando vão pra conta real não conseguem, travam, ficam nervosas e não performam bem.
Por quê? Porque elas não estão preparadas emocionalmente.

 

E uma dica nesse sentido é você sempre olhar os resultados por pontos ou ticks no simulador, e não pelo financeiro. É você encarar o simular com mais seriedade e aplicar no simulador o mesmo gerenciamento de risco que consegue suportar na conta real.

 

E siiiim… eu acredito na frase “treino é treino e jogo é jogo”. Eu acredito que você só vai se tornar um Trader Vencedor operando na conta real, que há fatores da sua personalidade, da sua forma de operar que você só vai compreender e melhorar apanhando na conta real.
Mas o simulador pode sim ser uma ferramenta para te ajudar na sua evolução como Trader, se você souber usá-lo. Afinal, o que seria dos grandes campeões esportistas se não treinassem com seriedade? Certamente não teriam chance de ganhar um campeonato!

 

Leve o simulador a sério!


Se você gostou do nosso conteúdo, curte a nossa página no Facebook. Acompanhe a gente no YouTube e no Instagram pra ficar por dentro dos conteúdos que irão te ajudar a trabalhar os aspectos psicológicos do trade, a ter mais controle emocional e a ser um Trader de Sucesso.


MAIS ARTIGOS

Por que você precisa de controle emocional no trade?

...
Ler Mais

O mercado é um lugar muito caro para se autoconhecer

...
Ler Mais

Como ter mais autoconfiança pra operar no mercado financeiro

...
Ler Mais

Livro: “O milagre da manhã” de Hal Elrod (parte 1)

...
Ler Mais

Livro: “O milagre da manhã” de Hal Elrod (parte 2)

...
Ler Mais

Como mudar uma crença limitante no mercado financeiro

...
Ler Mais
Compartilhe e ajude outros Traders