Escolha uma Página

Você é um trader mão-de-alface?

por | 16 / outubro / 2018

Até onde eu sei, essa expressão “mão-de-alface” surgiu no futebol, pra designar aquele goleiro que não consegue segurar direito a bola, que tem mão boba e acaba levando uns frangos por conta disso. Trazendo pro mercado, o “mão-de-alface” é aquele Trader que não consegue segurar a operação, principalmente quando tá ganhando, que não pode ver a boleta no positivo que já sai do trade.

Ser mão-de-alface no mercado pode ser bem comum no início, quando você está aprendendo a operar e ainda não sabe lidar com a ansiedade e com esse monte de sentimentos que podem tomar conta de você quando está dentro da operação.

Mas não é só iniciante que é “mão-de-alface”, não. Conheço traders experientes, com várias horas de tela que não conseguem ou tem grande dificuldade de segurar uma posição ganhadora.
E aí pode ser ainda mais revoltante porque em geral percebem que estão tendo uma boa leitura do mercado, que já ajustaram as suas estratégias operacionais, que sabem o ponto de entrar no trade, mas NÃO CONSEGUEM SEGURAR. Saem cedo demais da operação e logo em seguida observam o mercado fazer exatamente o que haviam pensado/enxergado que ele iria fazer.
E fica aquela sensação horrível de que poderiam ter ganhado o dobro, o triplo ou até mais do que ganharam.

 

E porque isso acontece???

Bom, o sentimento que mais costuma atrapalhar nesse momento é o medo de perder justamente por estar ganhando.
E aí entra aquela teoria de que fazemos muito mais pra evitar a dor do que pra buscar o prazer.
Então a nossa mente age muito mais pra evitar a possível dor da perda do que pra buscar o prazer de ter batido a meta da operação.

Continuar Lendo

E isso é a evidência clara de que você ainda não aceita que a perda faz parte do jogo, perder dinheiro pra você ainda é algo que a sua mente vê como extremamente doloroso, e por isso ela quer evitar a todo custo, te levando a sair logo da operação pra garantir o lucro pequenininho.

E o que eu preciso te dizer é que sair da operação no meio do caminho, sem justificativa que esteja de acordo com a sua análise e suas estratégias operacionais não te diz NADA.
Você não consegue avaliar como está a sua evolução dessa forma, só consegue concluir que está sendo um “mão-de-alface” mesmo.
Agora, se você entra na operação, segura a posição, permanece no trade conforme o plano e vê que tá levando muito stop, opa, tem algo aí que precisa ser ajustado! Talvez você precise melhorar a sua análise, talvez ajustar as entradas, a estratégia operacional.

E se tá batendo a meta da operação, ótimo! Isso evidencia que você tá no caminho certo, tá evoluindo.
Agora, ficar saindo cedo demais, antes da hora, no meio do caminho, não dá pra perceber como tá a sua evolução.
Não dá pra ver o que você precisa ajustar e melhorar.

Sem contar que a conta nunca fecha, não é mesmo? Você ganha de colherzinha pra perder de balde. Quando ganha é migalhas e quando perde é o pão inteiro e aí você passa fome, né?!

 

“Tá Luana! Já entendi… cansei de levar esporro… dá pra falar logo como eu faço pra lidar com isso, pra não ser mais mão-de-alface nos trades?”

 

Bom, a minha primeira dica pra você é ter bem claro na sua mente qual é o plano para cada operação.
É antes mesmo de você entrar no trade, você saber exatamente o quanto tá indo buscar, onde vai ser a sua RP (se realização parcial fizer parte da sua estratégia) e onde vai ser a realização final.
Ter um plano bem definido a cada momento.

A segunda dica é você começar a entender e internalizar que a perda faz parte do jogo e que mais importante do que ganhar ou perder é você evoluir.
É você focar mais no processo do que no resultado propriamente dito. Em vez de se preocupar tanto se vai ganhar 200, 500, mil reais no dia, é você focar no que vai aprender naquele dia pra ser melhor no próximo.
E aí entra você perceber que sair antes das operações dificulta você aplicar essa melhoria contínua em cima do seu operacional e com isso evoluir.
O foco então precisa ser na evolução, e aí os resultados positivos serão consequências naturais do processo de evolução.

E a terceira dica é você controlar a sua ansiedade.
Pessoas muito ansiosas tendem a sofrer mais com a síndrome do “mão-de-alface”. Se esse for o seu caso, incorpora aí no seu dia a dia práticas pra trabalhar a ansiedade de uma forma geral na sua vida, como a meditação ou as técnicas de mindfulness.
Trabalhar a ansiedade de uma forma geral é muito mais eficaz do que querer controlá-la apenas nos trades.

E de forma pontual, quando estiver na operação e for tomado pela ansiedade de sair logo do trade, você pode fazer uso dos exercícios de respiração que eu já ensinei.

 

Coloque em prática essas dicas que podem te ajudar bastante a deixar de ser um mão-de-alface, se contentar com migalhas e realmente pagar um bom jantar.

Mas cuidado hein! Não vai virar ganancioso e querer tirar do mercado mais do que ele está disposto a te dar.

 

E se você também tem algum tema que gostaria que abordássemos aqui, escreve pra gente:
luana@marketminds.com.br

Até logo!


Se você gostou do nosso conteúdo, curte a nossa página no Facebook. Acompanhe a gente no YouTube e no Instagram pra ficar por dentro dos conteúdos que irão te ajudar a trabalhar os aspectos psicológicos do trade, a ter mais controle emocional e a ser um Trader de Sucesso.


MAIS ARTIGOS

Por que você precisa de controle emocional no trade?

...
Ler Mais

O mercado é um lugar muito caro para se autoconhecer

...
Ler Mais

Livro: “O milagre da manhã” de Hal Elrod (parte 1)

...
Ler Mais

Como mudar uma crença limitante no mercado financeiro

...
Ler Mais

Pare com esses 3 hábitos negativos

...
Ler Mais

Livro: “O milagre da manhã” de Hal Elrod (parte 2)

...
Ler Mais
Compartilhe e ajude outros Traders